Feijão com Nutella
é tudo mentira!

O sono de segunda-feira

Cochilos de juiz anulam decisão judicial na Austrália

 

Um tribunal australiano determinou que seja feito um novo julgamento de dois supostos traficantes de drogas porque o juiz dormiu várias vezes durante a audiência dos dois (hahahahahahahaha! Tipo estes pilotos).


“Os períodos de sonolência aumentaram à medida em que o julgamento avançava
, monótono e sem conteúdo. Os membros do júri ficaram visivelmente ofendidos e, às vezes, riam do juiz (calma… ou eles estavam ofendidos ou eles riam! Não dá para rir quando se sente ofendido)“, disse a Alta Corte nesta quinta-feira (6).


Rafael Cesan e Ruben Mas Rivadavia foram condenados, em 2004, a mais de uma década de prisão cada um por porte de ecstasy. Eles apresentaram recurso, alegando que o juiz dormiu por intervalos de até 20 minutos, com roncos periódicos
(A-DO-REI! Os advogados deviam ser bem chatos)


“Isso resultou em um fracasso substancial da Justiça”, disse o tribunal, exigindo que seja feito um novo julgamento. Exames médicos mostraram que o juiz sofre de um problema obstrutivo severo, o que pode indicar o motivo da sonolência
– blá blá blá. Se eu disser isso para minha chefe, ela vai mandar um “e?” e preparar a carta de demissão.

Anúncios

Nenhuma resposta to “O sono de segunda-feira”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: