Feijão com Nutella
é tudo mentira!

Melhor táxi do mundo

Táxis com karaokê divertem passageiros nos EUA, mas aumenta o número de brigas de trânsito

 

Guillermo “Billy” Rivera, de origem porto-riquenha (imagina o naipe do cara, vestindo roupas com detalhes dourados e cheio das correntes), é um dos cinco taxistas dos Estados Unidos a oferecer aos passageiros a oportunidade de se divertir com algo mais do que uma conversa: karaokê ao vivo (meu! Fenomenal a idéia!!!! Sério! Eu querooooooooooooooooooo).

 

Rivera trabalha em Charlotte, Carolina do Norte, e os outros quatro taxistas são de Dallas, Nova York, Las Vegas e Kansas City.

 

“Era DJ em um clube, e como ele fechou e eu era popular, decidi ser DJ no táxi (mas não era karaokê?). Combinei as duas profissões e já estou há dois verões pondo música para a cidade de Charlotte”, contou Rivera à agência EFE.

 

Em seu táxi, ele instalou monitores e computador para que os passageiros cantem suas músicas favoritas de uma seleção de 20 mil opções em inglês e cinco mil em espanhol (nossa!!!! Será que os alto-falantes dão para fora ou para dentro? E ele agüenta como os cantores de plantão?).

 

O taxista afirma que as pessoas “mudam de humor” quando ligam sua “máquina de canções” e começam a cantar, e ele se emociona particularmente quando um passageiro pede uma música de seu compatriota Marc Anthony (hahahahahaahaha! Hahahahahahaha! Hahahahahaha! Ele muito deveria juntar sua idéia à idéia deste bar para compor o karaokê-bar ambulante)).

 

O taxista não cobra mais pelo serviço extra porque diz fazer tudo isso “com muito gosto”. (ta, ta, ta….acredito)

 

Nos mais de 20 anos como taxista em Charlotte, Rivera nunca sofreu um acidente, mas confessa que, às vezes, é difícil mexer no computador, dirigir, e acompanhar as letras das músicas e agüentar os passageiros desafinados estragando suas canções preferidas.

 

Ricardo de los Cobos, morador de los Cobos Charlotte que, por acaso, precisou pegar um táxi no centro da cidade, ficou bastante surpreso quando viu que o carro tinha karaokê.

 

Cobos, de origem mexicana, pediu a Rivera alguns temas clássicos de seu país e cantou sem se importar se estava acompanhando a canção “ao pé da letra” ou se estava desafinando (mais provável, não?).

 

“É realmente muito divertido. Nunca imaginei que houvesse um táxi com karaokê em Charlotte e que eu pudesse cantar as músicas de meu país. Tenho que fazer isso de novo e trazer meus amigos”, declarou à Efe.(já vai virar festa! Vão tentar colocar umas 10 pessoas no carro do cara só para cantar)

 

A tecnologia (?) é parte importante da estratégia de Rivera para “fazer sentir bem” e “aumentar” a lista de clientes fixos.

Anúncios

Nenhuma resposta to “Melhor táxi do mundo”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: