Feijão com Nutella
é tudo mentira!

O braço da discórdia

Homem atira no próprio braço depois de namorada se negar a fazer sexo

 

Quando a namorada se recusou a estabelecer um contato mais íntimo (hahahaha! Quem escreveu este texto? “Contato mais íntimo”? hahahahaha!) naquela manhã de quarta-feira, após uma noite no bar, o norte-americano de 29 anos não teve dúvidas: deu dois tiros no próprio braço (hein? Mas por quê? Qual a explicação? Será que ela disse: “se vira sozinho, estou de ressaca” e ele, não querendo fazer isso pelas próprias mãos, atirou no braço, tendo assim uma boa desculpa para usar a mulher?)

 

Segundo a jovem, seu namorado queria fazer sexo, mas o único plano dela era dormir (tadinho!!!!!). Quando ela recusou dormir junto, ele se irritou (se ele se irritou com ela, porque atirou em si?)

 

A garota foi dormir em uma cama separada e, segundo as autoridades de Fort Myers (Flórida, EUA), ouviu logo depois dois tiros. O namorado ainda teria ameaçado a garota antes de cair, inconsciente, em sono profundo.  

 

Ele foi tratado em um hospital e depois levado para a prisão (calma… por que foi preso? Não se pode atirar no próprio braço? Isso me lembra que não se pode atirar no próprio cortador de grama…). Ele enfrenta acusações por ameaça violenta ao seu braço e disparo de arma de fogo dentro de residência. 

Anúncios

Nenhuma resposta to “O braço da discórdia”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: