Feijão com Nutella
é tudo mentira!

Isso sim é abuso de poder!

Lavanderia deixa juiz sem calça e é processada em R$ 132 milhões

 

Os Chung, uma família de imigrantes sul-coreanos, realizou seu sonho americano há sete anos, quando abriu uma lavanderia em Washington (depois os orientais reclamam quando os ocidentais relacionam lavanderias e pastelarias a eles). Mas há dois anos eles vivem um pesadelo: por causa do extravio de uma calça, estão sendo processados por um juiz de direito que exige uma indenização de US$ 65 milhões (cerca de R$ 132 milhões). (wow!!!! De que marca era a calça???)

 

Quando Roy Pearson se tornou juiz, em 2005, levou vários ternos à lavanderia dos Chung, da qual era vizinho e cliente. Mas a calça de um dos ternos não estava pronta na data combinada (dois dias depois) e foi dada como perdida. O jovem juiz achou que devia ser ressarcido em US$ 1.000 (mais que o preço do terno inteiro). (é… até aí, sussa)


Acontece que, uma semana depois, a calça apareceu. Os Chung acharam que não tinham mais que pagar nada. O juiz decidiu jogar duro e entrou com a ação.
(como assim? Se a calça apareceu, não bastava para ele? Eu gostaria da minha calça de volta.)


Os US$ 65 milhões são fruto da interpretação
(adoro inferências) que Pearson fez das leis de defesa do consumidor de Washington. Segundo elas, os infratores são multados em US$ 1.500 por violação por dia. Para complicar, o juiz deu um jeito de piorar a vida do seus inimigos: multiplicou por 1.200 dias e depois por 3 (o número de réus – Jin Nam Chung, Ki Chung e o filho deles, Soo Chung). (hein? E depois elevou á quarta potência, multiplicou pela idade de cada um dos filhos dele e voilá! Temos o valor da indenização!)

 

“Eles não têm esse dinheiro todo (jura???? Mas é uma quantia pífia! Acho que os negócios não estão indo muito bem, não?). Estão profundamente desiludidos e pensam em voltar para Seul”, disse o advogado Manning. “Isso destruiu suas vidas.” (drama básico)

 

Só porque o cara é juíz se acha no direito de processar e, ainda pior, por valores absurdos. Daí vai usar seu “poder” de juíz para chantagear todo o júri e advogados em questão para votar a seu favor. O cara é mestre.. só pode ter estudado no Brasil…

Anúncios

Nenhuma resposta to “Isso sim é abuso de poder!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: